O ABC da Comunicação
Confira a 21ª Edição
da Revista O ABC da Comunicação online!

Leia agora!

21ª Edição - Um novo ABC da Comunicação vem aí!
Campanha 4ALL Comunicação 2 - 2017 - FULL

Especialista dá dicas para atrair público usando o Pokémon GO

em 11 de Agosto de 2016
Mercado

Lançado na semana passada no Brasil, Pokémon Go já era febre nos mais de 30 países em que estava disponível desde julho. Por aqui, em menos de 24 horas, ele já é o aplicativo mais baixado na App Store no Brasil, segundo a consultoria App Annie.

Nos Estados Unidos, o jogo de realidade aumentada da Nintendo alcançou mais de 65 milhões de usuários apenas na primeira semana e ajudou restaurantes locais, cafés e pequenos varejistas a atrair novos clientes, a exemplo do pizza bar L'inizio em Long Island, em Nova York, que registrou aumento de 75% nas vendas após ativar um recurso que atrai personagens Pokémons virtuais para a loja, assim atraindo jogadores próximos.

Existem muitas formas de usar o Pokémon Go para atrair público para lojas e outros estabelecimentos e o Lucas Ribeiro, game designer e responsável pelo curso de desenvolvimento de games da escola REDZERO, listou cinco dicas. Confira:

1. Confira se o seu público joga Pokémon Go

Você pode ter ficado alucinado com o lançamento do jogo e pensando em mil e uma possibilidades de surfar na onda e alavancar seu negócio, mas isso só vai funcionar se o seu público for o mesmo. Já existe uma pesquisa indicando que mais de 80% dos jogadores de Pokémon Go tem entre 25 e 30, ou seja, é a garotada que pegou o lançamento do desenho Pokémon lá em 1996 e cresceu com esse sonho reprimido de poder viver a experiência de pegar Pokémons.

2. Se o Pokémon não vai até você, vá até o Pokémon

Você não precisa ficar rezando para os monstrinhos aparecerem na sua porta. Você pode atrair Pokémons para o seu estabelecimento usando iscas! Mas, para isso, o seu estabelecimento precisa ser ou estar próximo de um Pokéstop, que são locais no mapa do jogo onde o jogador pode pegar alguns itens, como Pokébolas e poções para ajudá-lo em sua aventura. Você pode, então, comprar e utilizar as iscas internamente.

Elas vão durar cerca de 30 minutos e vão atrair alguns pokémons para a localização onde foi usada. Isso funciona bem para estabelecimentos como restaurantes e lojas de conveniência, pois o caçador geralmente acaba consumindo alguma coisa. Os donos dos estabelecimentos podem até marcar um horário todo dia para soltar a isca e divulgar na porta do estabelecimento ou nas redes sociais, ou simplesmente jogar a isca e colocar uma plaquinha de promoção na sua porta. Cada pacotinho de isca custa 100 moedas do jogo, mas o pacote com oito unidades custa 680 moedas. O pacote de 550 moedas custa cerca de R$19, o que é um custo bem em conta para o mundo real.

3. Veja se seu estabelecimento está bem posicionado no mapa

Se você for sortudo de estar perto de um Pokéstop ou um ginásio, divulgue. Isso não depende muito da sua vontade, mas com certeza haverá um fluxo maior de pessoas perto de Pokéstops ou Ginásios Pokémon.

4. Pokémons raros

Também não depende de você, mas se você encontrar um Pokémon raro perto do seu estabelecimento, considere-se com sorte. Não perca tempo, divulgue! E rápido! Em minutos você receberá várias visitas!

5. Pense em como o seu negócio ajuda o público a se tornar um mestre Pokémon

Você precisa conhecer o jogo para descobrir as melhores oportunidades. Por exemplo, uma das maiores sacadas do jogo é que ele te obriga a andar e você será agraciado por quilômetros andados. Como alguns exemplos de pessoas que se moveram para atender a demanda do jogo, já tem motoboy no Ceará oferecendo serviço de caça-Pokémon. Ele busca o cliente em domicílio e faz um tour pela cidade, fazendo paradas para capturar os monstrinhos e ainda deixa o cliente em casa no fim da corrida. Vendedores ambulantes também podem aproveitar a localização de Pokémons, Pokéstops e ginásios para ofertar seus produtos ou serviços.

Já as redes sociais são opções mais fáceis de engajar. Além de usá-las para avisar seu público que tem Pokémons perto de você, você pode fazer um buzz com fotos e vídeos dos seus clientes capturando monstrinhos na sua loja e até memes engraçados e montagens só para fazer uma graça.

A REDZERO é uma rede de escolas de game e entretenimento digital mantida pelos mesmos donos da Full Sail University, universidade norte-americana que é referência mundial em educação de mídias, artes e entretenimento – www.redzero.com.br

Imagem: Reprodução

Comentários
Mais notícias
Cucas Institucional Campanha 1
Cucas Institucional Campanha 1